Logo que comunicamos os nossos conhecimentos, deixamos de gostar deles suficientemente.
- Friedrich Nietzsche -

Posts Recentes!

fisioterapia dermatofuncional

Fisioterapeuta dermatofuncional: Conheça agora esse profissional

A fisioterapia somente diz respeito às atividades terapêuticas preventivas e de recuperação motora, certo? Errado! E é exatamente isso que comprova o fisioterapeuta dermatofuncional, um profissional que atua no segmento da estética e dos tratamentos de doenças relacionados à pele, mas com formação de fisioterapeuta.

Dessa maneira o profissional une todo o seu conhecimento sobre tecidos e anatomia, típicos da faculdade de Fisioterapia, às questões de alterações estéticas. Essa profissão, aliás, tem ganhado cada vez mais força, sendo reconhecida somente há 11 anos.

fisioterapia dermatofuncional

Confira abaixo como é o trabalho do fisioterapeuta dermatofuncional, qual a sua formação e quais são os serviços prestados por ele.

DICA: Estude na Estácio com bolsa de até 50%.

Fisioterapia Dermatofuncional: Entenda a modalidade

Essa modalidade da fisioterapia somente passou a ser reconhecida como parte dessa área em 2009, quando o Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional editou a Resolução 362/2009.

A terapia dermatofuncional traça de disfunções estéticas. Apesar de já ter sido vista como uma profissão fútil e até mesmo rechaçada pelos próprios profissionais da fisioterapia, ela já se mostrou uma tendência irrevogável.

Afinal, são diversos os tratamentos estéticos que são desenvolvidos constantemente. Eles, por sua vez, podem tratar questões diversas que podem até mesmo decorrer de deformidades causadas por acidentes, doenças ou condições especiais.

Além disso, a procura desses profissionais tem aumentado cada vez mais, o que mudou a postura da comunidade da fisioterapia. Dessa maneira, o fisioterapeuta dermatofuncional exerce importantes funções ao aplicar tratamentos diversos com pleno conhecimento quanto ao funcionamento dos tecidos e estruturas da derme.

Outro ponto importante é que ele não está relacionado apenas à função estética, propriamente dita. Muitos dos tratamentos aplicados visam eliminar líquidos retidos (muitas vezes em razão de doença), melhoria em dores musculares pelo corpo e tratamentos de doenças da derme.

Quais são as atividades do fisioterapeuta dermatofuncional?

São diversificadas as atividades profissionais do fisioterapeuta que se dedica aos cuidados e tratamentos para a pele, seja qual for o motivo da terapia aplicada. Isso inclui tanto motivos puramente estéticos quanto aqueles que se relacionam a traumas e mesmo a doenças.

Dessa maneira, eles encontram grande espaço no mercado de trabalho. Além disso, têm como vantagem o fato de terem maior especialidade nas aplicações de terapias do que esteticistas sem formação em Fisioterapia. 

Aliás, o fisioterapeuta dermatofuncional possui algumas atividades que são exclusivas da profissão, conforme o conselho regional. Em relação àquelas que são compartilhadas com outros profissionais ele se destaca pelo maior conhecimento anatômico.

Confira, então, algumas das atividades profissionais desse fisioterapeuta:

fisioterapia dermatofuncional
  • Ações em períodos pré e pós-operatórios;
  • Aplicações de recursos terapêuticos térmicos, mecânicos e elétricos;
  • Bambuterapia;
  • Drenagem linfática;
  • Intervenções estéticas para combate à celulite e às estrias;
  • Massoterapia;
  • Procedimento antienvelhecimento da pele;
  • Tratamentos relacionados à gordura localizada e à flacidez;
  • Tratamentos relacionados à redução e desaparecimento de edemas e hematomas na pele;

Assim, o fisioterapeuta dermatofuncional pode atuar conjuntamente a outros especialistas da área da saúde estética, como profissionais de educação física, médicos cirurgiões plásticos e médicos dermatologistas. 

Além disso, torna-se claro que suas atividades envolvem tanto questões estéticas comuns quanto àquelas que envolvem doenças que se manifestam na pele ou criam seqüelas nesta.

Como se tornar um Fisioterapeuta dermatofuncional

Essa é uma ótima profissão para quem deseja trabalhar com a área estética. Além disso, o curso de graduação concede ao profissional diversos outros conhecimentos que lhe permitem trabalhar em outras áreas fisioterápicas.

Para se tornar um fisioterapeuta dessa área é preciso, é claro, cursar a faculdade de Fisioterapia. É possível encontrar esse curso em diversas universidades públicas e privadas espalhadas por todo o território brasileiro.

A graduação nessa área demanda 04 anos de curso, sendo que dentre as matérias que o aluno, futuro fisioterapeuta dermatofuncional, encontrará são:

  • Anatomia;
  • Biologia Celular e Molecular;
  • Biomecânica do Movimento Humano;
  • Controle Neural do Movimento;
  • Desenvolvimento Humano;
  • Fisiologia Humana;
  • Fisioterapia Dermatofuncional;
  • Genética;
  • Métodos de Avaliação Clínica e Funcional;
  • Patologia Geral;
  • Psicologia e outros.

Note que já na graduação já contato com a fisioterapia dermatofuncional. Contudo, há necessidade de que o fisioterapeuta se especialize nessa área após a conclusão do curso superior.

Um fator muito importante para quem deseja lidar com essa área é saber trabalhar com a ansiedade e eventuais distúrbios de imagem. Para isso, o profissional deve estar em contato com outros da área de saúde que possam prestar auxílio, encaminhando o paciente caso for necessário para um tratamento multidisciplinar.

Sabendo-se da importância que a estética possui perante a sociedade atualmente, é inegável que a área para o fisioterapeuta dermatofuncional vem crescendo muito e é uma tendência irrefreável.

Para um bom trabalho, esse profissional deve ser atencioso e também buscar formas de prestar o melhor serviço e terapia indicado para o caso do paciente. Deve-se ter em mente que esse é um trabalho que está em contato com a auto-estima do indivíduo e, dessa maneira, deve ser delicado e cuidadoso.

Vou-lhe dizer um grande segredo, meu caro. Não espere o juízo final. Ele realiza-se todos os dias.
- Albert Camus -